Projetos sob responsabilidade técnica da equipe em processos de licenciamento ambiental


Reflorestamentos

– Levantamento Arqueológico para a Expansão da Base Florestal da Veracel Celulose – Fase Diagnóstico, municípios de Encruzilhada, Macarandi, Maiquinique, Itapetinga, Itarantim, Potiragua, Itapebi, Itagimirim, Eunápolis, Guaratinga, Mascote, Santa Luzia, Porto Seguro, Santa Cruz Cabrália, Belmonte, Itabela e Canavieiras, Bahia (Processo IPHAN 01502.002979/2007-47).

 

Estaleiros

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para o Estaleiro EISA Alagoas em Coruripe, Alagoas (Processo IPHAN 01403.000396/2009-61).

 

Aterros Sanitários

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para o Aterro Sanitário de Olho D’Água das Flores, Alagoas (Processo IPHAN 01403.000504/2008-15).

 

Pesquisas em Terras Indígenas

– Programa de Pesquisa e Resgate Arqueológico nas Comunidades Indígenas Tremembé e Kariri, Ceará (Processo IPHAN 01496.000281/2008-02).

 

Carciniculturas

– Programa de Prospecção Arqueológica nas Áreas de Implantação dos Viveiros de Carcinicultura da Cooperativa dos Criadores de Camarão do Extremo Sul do Estado da Bahia (Portaria IPHAN 23 de 2 de dezembro de 2006).

 

Redes hoteleiras, complexos turísticos e condomínios 

– Diagnóstico Arqueológico para o Condomínio Beachfront Resort, Canoa Quebrada, Ceará (Processo IPHAN 01496.000118/2008-31).

– Diagnóstico Arqueológico para o Empreendimento Hoteleiro Praia das Fontes – Terreno A, Ceará (Processo IPHAN 01496.00230/2008-72).

– Prospecção Arqueológica para o Condomínio Canoa Beachfront Resort, Ceará (Processo IPHAN 01496.000289/2009-41).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para o empreendimento Urbis Perucaba, Arapiraca, Alagoas (Processo IPHAN 01403.000064/2010-11).

– Diagnóstico Arqueológico Interventivo, Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para a Implantação do Loteamento Maceió Coqueiro Seco, Alagoas (Processo IPHAN 01403.000246/2014-15).

– Diagnóstico Arqueológico Interventivo, Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para a Implantação Condomínio Terras Alphaville Campina Grande, Paraíba (Processo IPHAN 01408.000267/2015-71).

– Monitoramento Arqueológico Reserva Sauípe (Processo IPHAN º 01502.900320/2017-20).

 

Barragens e Canais para abastecimento e irrigação

– Diagnóstico e Prospecção para o Canal de Adução do Sertão Alagoano, Alagoas (Portaria IPHAN Nº 191 de 6 de julho de 2006).

– Diagnóstico Arqueológico na área destinada à Barragem Major Nabé, Alagoas (Processo IPHAN 0143.000436/2008-94).

– Programa de Diagnóstico Arqueológico em Área Destinada à Barragem Major Nabé em Penedo, Alagoas (Processo IPHAN 01403.000149/2009-65).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para ao Canal do Sertão (Km 45 ao 64,7) Trecho 2, Municípios de Água Branca, Pariconha e Inhapi, Alagoas (Processo IPHAN 01403.000072/2010-67).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para a Área de Interligação do Canal do Sertão, Alagoas (Processo IPHAN 01403.000732/2012-71).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para a Implantação do Canal Adutor do Sertão – Trecho 5, Alagoas (Processo IPHAN 01403.000247/2014-60).

 

Minerações

– Diagnóstico Arqueológico, do Patrimônio Cultural, Natural e Espeleológico para o Projeto de Mineração de Titânio, Fazenda Calixto (Processo IPHAN 01502.003004/2007-36.

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Mineração Vale Verde, Alagoas (Processo IPHAN 01403.000327/2008-77).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para Instalação da Adutora de Água do Projeto Mineral Vanádio de Maracás, Município de Maracás, Bahia (Processo IPHAN 1502.002480/2010-36).

– Resgate, Educação Patrimonial e Monitoramento Arqueológico para a Implantação do Projeto Mínero industrial da Vanádio de Maracás, Município de Maracás, Bahia (Processo IPHAN 0102.003495/2010-11).

 

Rodovias 

– Diagnóstico e Prospecção para Estrada de acesso entre Mar Vermelho e Viçosa, Alagoas (Portaria IPHAN 330 de 11 de outubro 2006).

– Diagnóstico e Prospecção para Estrada de acesso a Carneiros, Alagoas (Portaria IPHAN Nº 231 de 25 de agosto de 2006).

– Diagnóstico e Prospecção para Estrada de acesso a Senador Rui Palmeira, Alagoas (Portaria PHAN Nº 233 de 25 de agosto de 2006).

– Diagnóstico Arqueológico para melhoramento e pavimentação da MA-280, trecho Montes Altos – Sítio Novo, Maranhão (Processo IPHAN01494.000090/2008-52).

– Diagnóstico Arqueológico para a Duplicação da Rodovia Al-101 Sul – Trecho entre a Ponte Divaldo Suruagy – Entroncamento Al-220 – Acesso a Barra de São Miguel, Alagoas (processo IPHAN 01403.000014/2008-19).

– Prospecção Arqueológica para a Duplicação da Rodovia Al-101 Sul, no Trecho entre a Ponte Divaldo Suruagy – Entroncamento Al-220 (acesso a Barra de São Miguel, Alagoas) (Processo IPHAN 01403.000435/2008-40).

– Prospecção e Laudo Arqueológico para a Rodovia MA – 208, Trecho Montes Altos – Sítio Novo, Maranhão (Processo IPHAN 01494.000090/2008-52).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial Trecho Entroncamento da AL 105, trecho entroncamento AL-110 (Penedo) – Agrovila Pindorama, Alagoas (Processo IPHAN 01403.000536/2012-05).

 

Usinas Termoelétricas

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Usina Termoelétrica MPX, município de São Gonçalo do Amarante, Ceará (Processo IPHAN 01496.00089/2008-16).

– Resgate Arqueológico e Monitoramento para a UTE MPX Pecém, município de São Gonçalo do Amarante, Ceará (Processo IPHAN 01496.000021/2009-18).

– Monitoramento Arqueológico para a Área de Empréstimo da UTE MPX, Pecém, São Gonçalo do Amarante, Ceará (Processo IPHAN 01496.000024/2009-43).

– Diagnostico e Prospecção Arqueológica para a área C da Usina Termoelétrica MPX, São Gonçalo do Amarante, Ceará (Processo IPHAN 01496.001059/2009-08).

– Monitoramento Arqueológico para a Área C da Usina Termoelétrica MPX, Município de São Gonçalo do Amarante, Ceará. (Processo IPHAN 01496.000601/2010-31).

– Programa de Diagnóstico Arqueológico e Educação Patrimonial para Usina Termelétrica

Carnaúba, município de Caucaia, Estado do Ceará (Processo IPHAN 01496.000661/2012-15).

– Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para a Implantação da UTE Sul Bahia 1, Bahia (Processo IPHAN 01502.000652/2012-06).

 

Usinas de Energia Solar (Usinas Fotovoltáicas)

– Diagnóstico Arqueológico para Usina Solar Fotovoltaica, município de Tauá, Ceará (Processo IPHAN 01492.000029/2009-76).

– Prospecção Arqueológica para a Usina Solar Fotovoltaica de Tauá, Ceará (Processo IPHAN 01496.000575/2009-15).

– Resgate Arqueológico e Educação Patrimonial na área da Usina Fotovoltaica da Tauá, Município de Tauá, Ceará (Processo IPHAN 01496.000024/2010-87).

– Monitoramento Arqueológico para Usina Solar Fotovoltaica, município de Tauá, Ceará (Processo IPHAN 01496.000912/2010-08).

– Diagnóstico Interventivo, Prospecção Arqueológico e Educação Patrimonial para o Projeto de Implantação da Usina Solar Fotovoltaica Santos, Bahia (Processo IPHAN 01502.001375/2013-21).

– Diagnóstico Arqueológico Interventivo, Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para o Projeto de Implantação da Usina Solar Fotovoltaica Cristal Solar, Bahia (Processo IPHAN 01502.001374/2013-87).

– Diagnóstico Arqueológico Interventivo, Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para o Projeto de Implantação da Usina Solar Fotovoltaica Bom Jesus da Lapa, Bahia (Processo IPHAN 01502.001376/2013-76).

– Diagnóstico Interventivo, Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para a implantação das Usinas Fotovoltaicas Fontes I e Fontes II, Bahia (Processo IPHAN 01498.001143/2014-61).

– Avaliação de Impacto ao Patrimônio Arqueológico do Parque Solar Horizonte MP, Bahia (Processo IPHAN 01502.002364/2015-21).

– Programa de Gestão do patrimônio arqueológico para o Parque Solar Horizonte MP, Bahia (Processo IPHAN 01502.001762/2016-19).

 

Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs)

– Diagnóstico, Prospecção e Resgate Arqueológico para a PCH Nova Aurora, Nova Aurora, Goiás (Portaria IPHAN Nº 111 de 26 de abril de 2006).

– Diagnóstico, Prospecção e Resgate Arqueológico para PCH Goiandira, Goiandira, Goiás (Portaria IPHAN Nº 110 de 26 de abril de 2006).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a PCH Mangaba, no Município de Jaciara, Mato Grosso (Processo IPHAN 01506.000191/2010-61).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a PCH Glória, Santo Antônio do Leverger, Mato Grosso (Processo IPHAN 01425.000188/2010-48).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a PCH Araguaia, Alto Araguaia, Mato Grosso (Processo IPHAN 01425.000190/2010-17).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a PCH Alto Garças, Alto Araguaia, Mato Grosso (Processo IPHAN 01425.000192/2010-14).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a PCH Araguainha, Alto Araguaia, Mato Grosso (Processo IPHAN 01425.000189/2010-92).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para PCH Araguaia I, Mato Grosso (Processo IPHAN 01425.000454/2011-13).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para PCH Araguaia II, Mato Grosso (Processo IPHAN 01425.000453/2011-79).

– Programa de Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para PCH Jatobá, Mato Grosso (Processo IPHAN 01425.000022/2012-93).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para PCH Paraju I, Mato Grosso (Processo IPHAN 01409.000114/2012-71).

– Programa de Diagnóstico, Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para PCH Paraju II, Mato Grosso (Processo IPHAN 01409.000113/2012-27).

 

Linhas de Transmissão e subestações

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Linha de Transmissão 230 kV Praia Formosa – Sobral III, municípios de Camocim, Massapé, Granja, Senador Sá, Uruoca e Caioca, Ceará (Processo IPHAN 01496.000323/2008-88).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Linha de Transmissão Praia 230 kV Icaraizinho – Seccionamento, municípios de Amontada, Irauçuba e Miraíma, Ceará (Processo IPHAN 01496.000082/2008-96).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Linha de Transmissão 69 kV Foz do Rio Choró – Pacajus, municípios de Beberibe, Cascavel e Pacajus, Ceará (Processo IPHAN 01496.000080/2008-05).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Linha de Transmissão 230 kV Aracati-Cumbe/Russas, municípios de Aracati, Itaiçaba, Palhano e Russas, Ceará (Processo IPHAN 01496.000112/2008-64).

– Diagnóstico, Prospecção e Laudo Arqueológico para a LT Beberibe (Processo IPHAN 01496.000141/2008-26).

– Diagnóstico arqueológico para o corredor eletro-energético linha de transmissão Jardim/Penedo, estados de Alagoas e Sergipe (Portaria IPHAN número Nº 19 de 16 de junho de 2008). https://periodicos.ufrn.br/mneme/article/view/361

– Diagnóstico, Prospecção e Laudo Arqueológico para a Linha de Transmissão 69 kV Paracuru – Pecém, município de Paracuru e São Gonçalo do Amarante, Ceará (Processo IPHAN 01496.001059/2009).

– Diagnóstico Arqueológico para a Linha de Transmissão da Central Geradora Eólica Dreen São Bento do Norte e Olho D’água, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01502.000389/2009-41).

– Diagnóstico, Prospecção e Laudo Arqueológico para Linha de Transmissão Beberibe, Ceará (Processo IPHAN 01450.004974/2009-73).

– Prospecção Arqueológica para o Corredor Eletro-Energético LT Jardim/Penedo, estados de Alagoas e Sergipe (Processo IPHAN 01450.004974/2009-73).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Linha de Transmissão UTE Porto do Pecém – Subestação Cauipe, Ceará (Processo IPHAN 01496.000570/2009-84).

– Prospecção Arqueológica para o Corredor Eletro-Energético LT Jardim/Penedo, Estados de Alagoas e Sergipe (Processo IPHAN 01450.004974/2009-73).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Linha de Transmissão da UTE Porto de Pecém II, São Gonçalo do Amarante, Ceará (Processo IPHAN 01496.000570/2009-84).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Implantação da Linha de Transmissão entre o Parque Eólico Alegria e a Subestação de Açu, Municípios de Guamaré, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau e Açu, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01408.001146/2009-07).

– Resgate Arqueológico e Educação Patrimonial para a Linha de Transmissão 230 kV Aracati/Cumbe – Russas, Ceará (Processo IPHAN 01496.000571/2009-29).

– Monitoramento Arqueológico para Linha de Transmissão da UTE Porto do Pecém – Subestação Cauipe, São Gonçalo do Amarante, Ceará (Processo IPHAN 01496.001119/2009-84).

– Resgate, Laudo e Educação Patrimonial para a Implantação da Linha de Transmissão Praia Formosa – Sobral III, municípios de Camocim, Massapé, Granja, Senador Sá, Uruoca e Caioca, Ceará (Processo IPHAN 01496.000323/2009-88).

– Diagnóstico Arqueológico para a Subestação 230/138 kV, Teixeira de Freitas II, Bahia (Processo IPHAN 01514.000267/2010-99).

– Diagnóstico Arqueológico para Linha de Transmissão 230 kV Eunápolis – Teixeira de Freitas II (C1-C2), Municípios de Eunápolis, Teixeira de Freitas, Porto Seguro, Itabela, Itamarajú, Vereda e Prado, Bahia (Processo IPHAN 01502.000270/2010-11).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Implantação da Linha de Transmissão do Complexo Eólico Desenvix, Município de Brotas de Macaúbas, Bahia (Processo IPHAN 01502.001098/2010-12).

– Diagnóstico, Prospecção, Educação Patrimonial e Monitoramento arqueológico para a linha de transmissão de energia elétrica Mangue Seco-Guamaré, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000431/2011-68).

– Resgate, Educação Patrimonial e Monitoramento Arqueológico para Linha de Transmissão do Complexo Eólico Desenvix, Município de Brotas de Macaúbas, Bahia (Processo IPHAN 01502.003135/2010-19).

– Diagnóstico, Prospecção, Educação Patrimonial e Monitoramento Arqueológico para a LT de Energia Elétrica em Média Tensão dos Parques Eólicos Mangue Seco I, II, III e V, Município de Guamaré, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000431/2011-68).

– Diagnóstico Arqueológico para a Linha de Transmissão da Central Geradora Eólica Dreen Boa Vista, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000.203/2011-79).

– Diagnóstico e prospecção arqueológica para a LT da Central Eólica Farol, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000.204/2011-13).

– Diagnóstico, Prospecção e Monitoramento Arqueológico e Educação Patrimonial para a LT 69 kV Aratuá I – Miassaba II E SE COSERN, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01425.004904/2011-87).

– Diagnóstico, Prospecção e Monitoramento Arqueológico e Educação Patrimonial para a Linha de Transmissão de 230 kV entre a SE União dos Ventos e a SE João Câmara, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.004846/2011-26).

– Diagnóstico, Prospecção e Monitoramento Arqueológico e Educação Patrimonial para a Linha de Transmissão de 69 kV entre a SE Ventos Potiguares e a SE União dos Ventos, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.004847/2011-35).

– Diagnóstico, Prospecção e Monitoramento Arqueológico e Educação Patrimonial para a Linha de Transmissão de 69 kV entre a SE Caiçara dos Ventos e a SE União dos Ventos, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.004861/2011-30).

– Resgate Arqueológico e Educação Patrimonial para a Linha de Transmissão 230 kV entre a subestação Alegria e a subestação de Assu, municípios de Guamaré, Macau, Alto Rodrigues, Ipanguaçu e Assu, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421000239/2011-42).

– Monitoramento Arqueológico para a LT DA MPX Pecém II, Ceará (Processo IPHAN 01496.000208/2012-17).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para a SE 230/69 kV Igaporã, Bahia (Processo IPHAN 01502.002124/2011-01).

– Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para a Implantação da LT  230 kV São Luís II/São Luís III – C2, Maranhão (Processo IPHAN 01494.000616/2011-08).

– Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para a LT 230 kV Eunápolis – Teixeira de Freitas II (C1 e C2), Bahia (Processo IPHAN 01502.001335/2011-18).

– Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para a SE 230 kV Teixeira de Freitas II, Bahia (Processo IPHAN 01502.001334/2011-73).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para a Subestação 230/69 kV Igaporâ, Bahia (Processo IPHAN 01502.002124/2011-01).

– Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para a Linha de Transmissão 230 kV Igaporã/Bom Jesus da Lapa, Bahia (Processo IPHAN 01502.001994/2012-35).

– Resgate Arqueológico, Educação Patrimonial para a Linha de Transmissão de 230 kV Parque Eólico Serra Azul, Bahia (Processo IPHAN 01502.003599/2014-59).

 

Centrais Geradores Eólicas  

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Central Geradora Eólica Praia Formosa, município de Camocim, Ceará (Processo IPHAN 01496.000083/2008-31).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Central Geradora Eólica Icaraizinho, município de Amontada, Ceará (Processo IPHAN 01496.000081/2008-41).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Central Geradora Eólica Foz do Rio Choro, município de Beberibe, Ceará (Processo IPHAN 01496.000079/2008-72).

– Diagnóstico, Prospecção e Laudo Arqueológico para o Parque Eólico Beberibe, Ceará (Processo IPHAN 01496.000140/2008-81).

– Resgate e Gestão Arqueológica para a Implantação da Central Geradora Eólica Praia Formosa, Ceará (Processo IPHAN 01496.000220\2008-37).

– Resgate e Gestão Arqueológica para a Implantação da Central Geradora de Energia Eólica Icaraizinho, município de Amontoada, Ceará (Processo IPHAN 01496.000081/2008-41).

– Programa de prospecção e resgate do patrimônio arqueológico das usinas de energia eólica UEE Bons Ventos, UEE Enacel e UEE Canoa Quebrada, município de Aracati, Ceará (Processo IPHAN 01496.000068/2008-97).

– Diagnostico e Prospecção Arqueológica para a Implantação do Parque Eólico Alegria I, Guamaré, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01408.000866/2009-47).

– Diagnostico e Prospecção Arqueológica para a implantação do Parque Eólico Alegria II, Guamaré, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01408.000858/2009-47).

– Resgate e Gestão Arqueológica para a Implantação da Central Geradora Eólica Foz do Rio Choro, Ceará (Processo IPHAN 01496.000458/2009-43).

– Diagnóstico, Prospecção e Laudo Arqueológico para a Central Geradora Eólica (CGE) Paracuru, município de Paracuru, Ceará (Processo IPHAN 01496.000481/2010-71).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Implantação do Parque Eólico Mangue Seco I, Guamaré, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000453/2010-28).

– Diagnostico e Prospecção Arqueológica para a Implantação do Parque Eólico Mangue Seco II, Guamaré, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000457/2010-14).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Implantação do Parque Eólico Mangue Seco III, Guamaré, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000449/2010-60).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Implantação do Parque Eólico Mangue Seco V, Guamaré, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000445/2010-81).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica no Parque Eólico Morro dos Ventos I, João Câmara, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000049/2010-54).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica no Parque Eólico Morro dos Ventos III, João Câmara, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000048/2010-18).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica no Parque Eólico Morro dos Ventos IV, João Câmara, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000015/2010-60).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica no Parque Eólico Morro dos Ventos VI, João Câmara, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000045/2010-76).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica no Parque Eólico Morro dos Ventos IX, João Câmara, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000047/2010-65).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Aratuá I, Guamaré, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000424/2010-66).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Aratuá II, Guamaré, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000423/2010-66).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para o Parque Eólico Energibras, Aracati, Ceará (Processo IPHAN 01496.000635/2010-25).

– Monitoramento Arqueológico no Canteiro de Serviços da Empresa de Construção Civil (Hahne) dos Parques Eólicos Morro dos Ventos I, III, IV, VI e IX, no Município de João Câmara, Rio Grande do Norte. (Processo IPHAN 01421.000161/2010-95).

– Resgate, Educação Patrimonial e Monitoramento Arqueológico para o Parque Eólico de Alegria II, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000397/2010-96).

– Resgate Arqueológico e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Alegria I, Guamaré, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01450.000560/2010-17).

– Diagnóstico Arqueológico para a Central Geradora Eólica Farol, São Bento do Norte, Rio Grande do Norte. (Processo IPHAN 01421.000184/2011-81).

– Diagnóstico Arqueológico para a Central Geradora Eólica Dreen Olho D’Água, São Bento do Norte, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000183/2011-36).

– Diagnóstico Arqueológico para a Central Geradora Eólica Dreen São Bento do Norte, São Bento do Norte, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000182/2011-91).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica dos Parques Eólicos Mangue Seco IV, V e VII, Macau, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000191/2011-82).

– Diagnóstico, Prospecção, Educação Patrimonial e Monitoramento Arqueológico para o Parque Eólico Miassaba II, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000205/2011-68).

– Monitoramento Arqueológico na Área do Canteiro de Obras Correlatas do Parque Eólico Aratuá I, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000207/2011-57).

– Diagnóstico, Prospecção, Monitoramento Arqueológico e Educação Patrimonial para a Central Geradora Eólica Boa Vista, Município de São Bento do Norte, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.005529/2011-92).

– Diagnóstico, Prospecção, Monitoramento Arqueológico e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Guamaré I, Município de Guamaré, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000213/2011-71).

– Diagnóstico, Prospecção, Monitoramento Arqueológico e Educação Patrimonial para o Parque Eólico União dos Ventos I, Município de Pedra Grande, Rio Grande do Norte. (Processo IPHAN 0142.000213/2011-12).

– Diagnóstico, Prospecção, Monitoramento Arqueológico e Educação Patrimonial para o Parque Eólico União dos Ventos II, Município de Pedra Grande, Rio Grande do Norte. (Processo IPHAN 01421.000279/2011-02).

– Diagnóstico, Prospecção, Monitoramento Arqueológico e Educação Patrimonial para o Parque Eólico União dos Ventos III, Município de Pedra Grande, Rio Grande do Norte. (Processo IPHAN 01421.000216/2011-48).

– Diagnóstico, Prospecção, Educação Patrimonial e Monitoramento Arqueológico para o Parque Eólico União dos Ventos IV, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000210/2011-71).

– Diagnóstico, Prospecção, Monitoramento Arqueológico e Educação Patrimonial para a Central Geradora Eólica União dos Ventos V, São Miguel do Gostoso, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 0142.000290/2011-64).

– Diagnóstico, Prospecção, Monitoramento Arqueológico e Educação Patrimonial para a Central Geradora Eólica União dos Ventos VI, São Miguel do Gostoso, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 0142.000272/2011-82).

– Diagnóstico, Prospecção, Monitoramento Arqueológico e Educação Patrimonial para a Central Geradora Eólica União dos Ventos VII, São Miguel do Gostoso, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000270/2011-60).

– Diagnóstico, Prospecção, Monitoramento Arqueológico e Educação Patrimonial para a Central Geradora Eólica União dos Ventos VIII, São Miguel do Gostoso, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000277/2011-13).

– Diagnóstico, Prospecção, Monitoramento Arqueológico e Educação Patrimonial para a Central Geradora Eólica União dos Ventos IX, São Miguel do Gostoso, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000212/2011-60).

– Diagnóstico, Prospecção, Monitoramento Arqueológico e Educação Patrimonial para a Central Geradora Eólica União dos Ventos X, São Miguel do Gostoso, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000297/2011-86).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Central Geradora Eólica Veado Seco I, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01496.000404/2011-01).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Central Geradora Eólica Veado Seco II, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01496.000406/2011-11).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Central Geradora Eólica Veado Seco III, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01496.000407/2011-36).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Central Geradora Eólica Agro-Serra I, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01496.000398/2011-83).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Central Geradora Eólica Agro-Serra II, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01496.000399/2011-28).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Central Geradora Eólica Agro-Serra III, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01496.000400/2011-14).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Central Geradora Eólica Agro-Serra IV, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01496.000401/2011-69).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Central Geradora Eólica Agro-Serra V, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01496.000402/2011-11).

– Diagnóstico e Prospecção Arqueológica para a Central Geradora Eólica Agro-Serra VI, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01496.000403/2011-58).

– Prospecção, Monitoramento Arqueológico e Educação Patrimonial para a Central Geradora Eólica São Bento do Norte, São Bento do Norte, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.005527/2011-01).

– Prospecção, Monitoramento Arqueológico e Educação Patrimonial para a Central Geradora Eólica Farol, São Bento do Norte, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.005526/2011-59).

– Prospecção, Monitoramento Arqueológico e Educação Patrimonial para a Central Geradora Eólica Olho D’Água, São Bento do Norte, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.005533/2011-51).

– Resgate, Educação Patrimonial e Monitoramento Arqueológico para o Parque Eólico União dos Ventos I, Pedra Grande, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.005433/2011-24).

– Resgate, Educação Patrimonial e Monitoramento Arqueológico para o Parque Eólico União dos Ventos II, Pedra Grande, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.005432/2011-80).

– Resgate, Educação Patrimonial e Monitoramento Arqueológico para o Parque Eólico União dos Ventos III, Pedra Grande, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.004894/2011-80).

– Resgate, Educação Patrimonial e Monitoramento Arqueológico para o Parque Eólico União dos Ventos IV, Pedra Grande, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.004899/2011-11).

– Diagnóstico Interventivo, Prospecção Arqueológica, Educação Patrimonial e Monitoramento Arqueológico para a Implantação do Acesso Externo do Complexo Eólico Guirapá I, Bahia (Processo IPHAN 01502.002069/2013-11).

– Diagnóstico Interventivo, Prospecção Arqueológica, Educação Patrimonial para a Implantação do Parque Eólico Aroeira, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000673/2013-02).

– Diagnóstico Interventivo, Prospecção Arqueológica, Educação Patrimonial para a Implantação do Parque Eólico Umbuzeiro, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000674/2013-49).

– Resgate, Monitoramento Arqueológico Educação Patrimonial na Área Diretamente Afetada (ADA) e na Área de Influência Direta (AID) de Sete Parques Eólicos (Brazil Wind), Bahia (Processo IPHAN 01502.001131/2013-49).

– Diagnóstico Interventivo, Prospecção Arqueológica e Patrimonial para o Parque Eólico Baixa do Feijão I, municípios de Jandaíra e Parazinho, Estado do Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000024/2013-01).

– Diagnóstico Interventivo, Prospecção Arqueológica e Patrimonial para o Parque Eólico Baixa do Feijão II, municípios de Jandaíra e Parazinho, Estado do Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000025/2013-48).

– Diagnóstico Interventivo, Prospecção Arqueológica e Patrimonial para o Parque Eólico Baixa do Feijão III, municípios de Jandaíra e Parazinho, Estado do Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000027/2013-37).

– Diagnóstico Interventivo, Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Baixa do Feijão IV, municípios de Jandaíra e Parazinho, Estado do Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.000026/2013-92).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológico e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Aventura, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.001471/2014-51).

– Resgate Arqueológico, Educação Patrimonial e Monitoramento Arqueológico do Parque Eólico Serra Azul (Subparques Dois Riachos e Esperança), Bahia (Processo IPHAN 01502.000971/2014-75).

– Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial para o Complexo Eólico Cristalândia, Bahia (Processo IPHAN 01502.001360/2015-25).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológico e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Tamanduá-Mirim II, Bahia (Processo IPHAN 01502.003599/2015-30).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológico e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Coqueirinho, Bahia (Processo IPHAN 01502.003600/2015-26).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológico e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Corrupião, Bahia (Processo IPHAN 01502.003602/2015-15).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológico e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Teiú II, Bahia (Processo IPHAN 01502.003603/2015-60).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológico e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Acauâ, Bahia (Processo IPHAN 01502.003608/2015-92).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológico e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Arapapá, Bahia (Processo IPHAN 01502.003606/2015-01).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológico e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Angical II, Bahia (Processo IPHAN 01502.003609/2015-37).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológico e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Carcará, Bahia (Processo IPHAN 01502.003604/2015-12).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológico e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Papagaio, Bahia (Processo IPHAN 01502.003601/2015-71).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológico e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Caititu 3, Bahia (Processo IPHAN 01502.003607/2015-48).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológico e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Caititu 2, Bahia (Processo IPHAN 01502.003605/2015-59).

– Diagnóstico, Prospecção Arqueológico e Educação Patrimonial para o Complexo Eólico Cumaru e Lagoinha, Rio Grande do Norte (Processo IPHAN 01421.001380/2015-04).

– Resgate, Monitoramento Arqueológico e Educação Patrimonial para o Complexo Eólico Cristalândia, Bahia (Processo IPHAN 01502.001377/2016-63).

– Resgate e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Papagaio, Bahia (Processo IPHAN 01502.002209/2016-95).

– Resgate e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Caititu 2, Bahia (Processo IPHAN 01502.002358/2016-54).

– Resgate e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Caititu 3, Bahia (Processo IPHAN 01502.002355/2016-11).

– Resgate e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Tamanduá Mirim 2, Bahia (Processo IPHAN 01502.002211/2016-64).

– Resgate e Educação Patrimonial para o Parque Eólico Teiú 2, Bahia (Processo IPHAN (01502.002210/2016-10).

– Acompanhamento Arqueológico Reservatórios Artificiais para Agricultura Familiar e Áreas de Empréstimo do Complexo Eólico Sequóia I e II (Processo IPHAN 01502.001936/2017-16).

Bons Ventos, CE


Brazil Wind, BA


GPEXPAN, BA


MPX, CE


SIIF Energies